terça-feira, setembro 20, 2011

Quatro Estações da vida cristã..




"Louvado seja o nome de Deus para todo o sempre; a sabedoria e o poder a Ele pertencem. Ele muda as épocas e todas as estações."  Daniel 2:20-21a 






Deus muda as estações e assim muda tudo, clima, umidade, de sequidão para chuva, intensidade do Sol, temperatura, atividade, até mesmo metabolismo.
O seu metabolismo espiritual vai ser alterado pelas estações que Deus faz vir. Tudo tem um propósito! Sabe para que são as quatro estações? São para manutenção da vida.

PRIMAVERA

A primavera é um tempo em que Deus tem lhe dado descanso, paz, abundante graça. Tempo de alegria, bençãos, prosperidade, muitos planos. Tempo de querer crescer e avançar em Deus. 
O louvor flui e você chora, alguém começa a orar e você sente a presença de Deus, você vai a uma reunião "fria", e é tocado pelo Espírito Santo.

A temperatura começa a mudar... E as coisas começam a ser alteradas!

VERÃO

À medida que a primavera vai se transformando em verão, você está no embalo do que ouviu de Deus, nas promessas dEle, da Palavra, da fé, da unção, da capacitação para o propósito profético.
As palavras proféticas que Deus deu, ao perfume e ao unguento da primavera, se cumprirão no verão.
Tempo de atitudes realistas, força, clímax, frutificação. Verão é tempo em que você está do lado de fora, em que vai à luta. Grande edificação, construção, avanço, coisas novas, novos sonhos e projetos, fé ousada, passos decisivos que mudar épocas na sua vida para sempre.
É tempo de perigo de acomodação e de cristalização de paradigmas. Perde aquela sensibilidade, não há mais quebrantamento. As lágrimas fáceis, o coração doce, terno e obediente não é mais como antes. Acostumou-se com a Palavra, a igreja, unção, com o que Deus deu.
PERIGO! PERIGO! A FÉ COMEÇA A DECLINAR...

OUTONO

É quando Deus tira você da superficialidade, criancice, do egoísmo, da carnalidade, alma complicada, complexa e que se debate sempre. Momento em que você sentir dores!
Deus vai tirar você da carnalidade, mostrando lhe o caminho do perdão. A maneira que Ele age para te levar a deixar de ser "criança", é tratando no momento em que as pessoas tocarão em suas feridas, complexos e você vai ter que responder diante das circunstâncias. Muitas vezes você vai ouvir coisas que vão machucar, mas isso vai ser um grande teste!

Algumas vezes Deus trata para que você possa responder na medida certa, as vezes você tem que suportar a carnalidade dos outros, que falam certas coisas de maneira errada... A sua atitude deve ser como a de Cristo, de se dobrar, de deixar a justiça com Deus, porque está escrito na Palavra: "A mim pertence a vingança; eu retribuirei." (Hebreus 10:30)
Acabou tudo, acabou o céu azul, acabaram as nuvens claras, acabou o sol, as folhas.. Pela sua ótica, não há frutos, mas, pela ótica de Deus, o outono é tempo de maior frutificação. Deus está guardando de você, te conquistando. Ele está produzindo frutos invisíveis. É agora que o carácter de Cristo é formado na sua vida, não é no tempo na distração, do oba-oba e da festa da primavera, é na época do outono, quando as perdas começam.
Você muitas vezes não vê a perseverança que Deus está formando em você. Nesse processo há perigo de queda, pecado, retrocesso, de voltar lá pro Egito. No outono, a fé parece não ter sentido, é como se Deus tivesse desaparecido. Mas, saiba que Ele está ao seu lado. É apenas para o crescimento! Outono faz parte! É a maneira de levar você daquele nível de meras sombras e promessas para a realidade e prática espiritual.
Sabe, o choro pode durar a noite inteira, mas virá o amanhecer, a aurora, com os cânticos dos pássaros, um novo dia e um novo sol! O novo amanhã virá trazendo alegrias, diz o Salmos 30:5.
INVERNO

Tempo em que não há força nenhuma natural. Amados, no inverso sentimos que morremos, mas é verdade! Ninguém será capaz de experimentar o poder da ressurreição se não morrer antes. 
Mas sabe qual é o propósito dessa estação? Deus quer produzir uma fé legítima, forte e inabalável, que não pode ser mudada por circunstâncias exteriores. 

Novo ciclo...
Fonte: Livro Quatro Estações -  Marcelo Almeida

1 comentários:

Anônimo disse...

Continua postando Deus estar contigo!!!

Postar um comentário