domingo, abril 10, 2011

Vivendo com qualidade

Ultimamente temos uma vida muito corrida. Acordamos cedo, arrumamos as crianças para levá-las ao colégio, isso é, quando temos tempo, depois vamos trabalhar, almoçamos e quando chegamos em casa, já é noite e lá se foi o nosso dia.
Essa correria do dia-a-dia tem gerado muitos problemas, principalmente aquela palavrinha mágica, “ESTRESSE”. Ele é a soma de respostas físicas e mentais causadas por estímulos que recebemos que nos permitem superar determinadas exigências do meio-ambiente e o desgaste físico e mental causado por este processo.
Um exemplo: trânsito. Quantas vezes não chegamos nervosos ao trabalho ou em casa porque alguém nos fechou ou um percurso que levaríamos 30min para percorrer, levamos uma hora?
 Quando os sintomas do estresse persistem por um longo período, aumenta a probabilidade de doenças, principalmente as cardiovasculares.
A ocorrência de infarto em jovens na faixa etária de 20 a 40 anos tem aumentado devido ao estresse, tabagismo, sedentarismo e obesidade, como principais causas.
Em São Paulo, por exemplo, há dez anos, não passava de 6% dos casos e hoje atingem a média de 12%.
Nunca temos tempo para cuidar da nossa saúde. É importante praticar algum tipo de atividade física para que tenhamos qualidade de vida. Mas isso não tem sido prioridade para muitas pessoas.
O trabalho é importante, mas se você o faz levando uma vida saudável ele se torna muito mais prazeroso. Uma vida sedentária é prejudicial, com ela, vem a pressão alta (hipertensão), diabetes, obesidade, aumento do colesterol, dentre outros.
Nós somos templo de Deus (1Co 6.16) e o que temos feito para cuidar do nosso corpo? Entre os benefícios da atividade física, ela diminui o estresse. A chance de adoecermos diminui significativamente. Quero encorajá-los a tomar essa decisão de acabar com o sedentarismo e melhorar a sua qualidade de vida.
Viva uma vida saudável!

::Por Raphael Ávila Alves


Fonte: Lagoinha.com / Redação: Diante de Deus

0 comentários:

Postar um comentário