quarta-feira, agosto 31, 2011

Americanos citam versículos bíblicos dando crédito ao Capitão América


O texto em questão é o de 2 Coríntios 4:8 que diz: “De todos os lados somos pressionados, mas não desanimados; ficamos perplexos, mas não desesperados”.

A American Bible Society realizou uma pesquisa que revelou que 63% dos americanos dizem incorretamente que um versículo de 2 Coríntios foi dito por Martin Luther King Junior, pelo ex-presidente George W. Bush e até mesmo pelo super-herói americano, Capitão América.

A pesquisa ouviu 2572 adultos e foi realizada pela Harris Interactive no início de agosto e tinha como foco principal falar sobre os 10 anos dos ataques terroristas de 11 de setembro.
Sobre isso, 36% disseram que se sentiam mais seguros antes da queda das Torres Gêmeas de Nova York. E apenas 9% dizem que se sentem mais seguros agora.
Para lidar com o trauma, 4% disseram que conseguiram superar com serviço de aconselhamento profissional e 16% disse que contam com a Bíblia para conseguir lidar com situações traumáticas.
Mas a grande maioria, 82% dizem que confiam em outra coisa além da Bílbia para poder superar esse trauma, e 6% dizem que não confiam em nada.
“Apesar de ter passado 10 anos desde os ataques contra os EUA, muitos de nós ainda lembramos das imagens e das emoções daquele dia”, disse Geof Morin, diretor de comunicação da ABS, por meio de um comunicado.

Conforto através da Bíblia

Para ajudar a população com conforto para momentos de medo, a ABS e o Exército da Salvação estão criando a  Bíblia Freedom, uma versão contemporânea inglês das escrituras que destaca mais de 3.500 versículos que abordam temas como liberdade, medo, raiva, sofrimento, perda e outras questões que os americanos foram forçados a lidar depois do 11 de setembro.
“A bíblia – e não políticos, heróis de quadrinhos ou ativistas de direitos civis – foi o primeiro a falar sobre como lidar com o trauma e ganhara liberdade”, disse o Comandante do Exército da Salvação, o comissário William Roberts.
Fonte: Gospel Prime / Via: Diante de Deus

0 comentários:

Postar um comentário