domingo, julho 17, 2011

Caroline Célico afirma que na Igreja Renascer “aprendeu coisas que não estavam na Bíblia”

A ex-pastora e seu esposo confirmaram a saída da Igreja Renascer no final de 2010 sem dar nenhum detalhe. Na entrevista que foi publicada nesta sexta-feira, 15, Carol, que está lançando um DVD com músicas gospel, disse apenas que “foram por muitos motivos”, mas não quis citá-los. “Isso é uma coisa minha.”

Caroline Celico, esposa do jogador Kaká, deu uma entrevista para a coluna de Mônica Bergamo da Folha de São Paulo, falando sobre o que pensa sobre o dízimo e também sobre não estar seguindo a nenhuma religião.
A jovem de 23 anos se converteu por intermédio de Kaká quando eles ainda eram namorados. Durante uma pregação destinada aos jovens da Renascer ela chegou a dizer que sentia muito orgulho de já ter se convertido da denominação fundada por Estevam e Sonia Hernandes.
Mas de acordo com a entrevista, Carol Celico mudou de opinião e disse que aprendeu coisas que não estavam na Bíblia.  ”Fui entendendo Deus de uma forma diferente. Vi que algumas coisas em que eu acreditava, ou fui levada a acreditar, não estavam na Bíblia”, confessa.
Hoje ela e seu esposo assumem que não pertencem a nenhuma religião.  ”Por enquanto não sinto falta dos rituais”, afirmou Carol que também confessa que não pode dizer que nunca mais irá freqüentar uma igreja.
Ela também questiona a teologia da prosperidade, algo muito difundido na Renascer. “Numa passagem da Bíblia está escrito que para se curar da lepra era preciso dar sete mergulhos no rio Jordão. Então [eu pensava]: se Deus precisava que eu desse sete mergulhos, hoje Ele precisa que eu dê uma oferta, que eu entregue meu dízimo. E até meu dízimo não estar entregue, não vou receber meu milagre. Hoje vejo que Deus conhece o meu coração. Se eu entreguei ou não alguma coisa para Deus, Ele sabe o meu sentimento”.
Fonte: Gospel Prime

0 comentários:

Postar um comentário